this is an h1

this is an h2

Thu Oct 21 15:23:07 BRT 2021
Inovação | SUSTENTABILIDADE
Descubra 11 empresas ESG no Brasil e quais são seus benefícios

Saiba como os valores ESG proporcionam condições de criar negócios prósperos e coerentes com a sustentabilidade

· 21/10/2021 · Atualizado em 21/10/2021
Imagem de destaque do artigo

Você conhece os valores ESG? A sigla significa, em Inglês, Governança, Meio Ambiente e Social. A cultura corporativa é estruturada principalmente na missão, na visão e nos valores da organização. Ao embasar os princípios que orientam o negócio em ESG, é possível colher uma série de benefícios. As empresas ESG no Brasil têm apresentado uma jornada de bastante destaque no mercado nacional.

Essa sigla mostra que é viável fazer negócios promovendo um impacto positivo na sociedade e nos ecossistemas, ou seja, realmente promover transformação e mudanças construtivas na cadeia produtiva. Os ganhos não são apenas em imagem e em fortalecimento da marca, mas em longevidade da empresa, em prosperidade e, é claro, no bem-estar dos colaboradores.

Este artigo objetiva explicar o conceito de valores ESG e mostrar diversos cases de organizações brasileiras que investiram neles e coletaram grandes resultados. Continue lendo para aprender mais sobre o tema!

O que são valores ESG e qual é a sua importância?

Os valores ESG norteiam uma política de conformidade e de integridade na instituição. Eles funcionam como alicerces para as ações, criando condições para práticas baseadas em governança social e ambiental. 

Assim, podemos dizer que são eixos de sustentação de uma cultura corporativa e com medidas focadas em respeito à legislação, em ética e em cuidado com o meio ambiente e com o social. A organização que direciona ações para essa área necessita criar esforços sistêmicos em todos os setores da corporação. Nesse contexto, há negócios que já nascem ancorados em ESG, enquanto outros se tornam ESG. De toda forma, é um processo possível e que traz grandes benefícios para a instituição, para a natureza e para a comunidade.

Quais são as principais empresas ESG no Brasil? 

As iniciativas ESG ainda não são maioria no Brasil, mas estão em crescimento. Confira cases de organizações que investiram nesses valores!

1. Vivo

A Vivo apresenta grande preocupação com os valores ESG e já é neutra em emissões de carbono. Ela consome energia 100% renovável e está ampliando de 70 para 83 o número de usinas de biogás, solar e hídrica. No Nordeste, vão ser implantadas mais 12 usinas até 2022, sendo que já há uma em funcionamento em Caruaru (PE).

A energia gerada vai ser utilizada nas mais de 30 mil unidades da organização, correspondendo a 89% do uso total da corporação. Até meados de 2022, a Vivo vai produzir 711 mil MWh/ano, o que gera economia de energia, contribui para o meio ambiente e é de baixo impacto.

2. SESC em Garanhuns

O Serviço Social do Comércio é uma entidade mantida por empresários das áreas de comércio de bens, serviços e turismo. A organização realiza ações voltadas para o bem-estar social de colaboradores e da comunidade. 

A unidade do SESC em Garanhuns está empreendendo reformas com o objetivo de readequar o esgotamento sanitário, construir parklets elevados e incluir outras mudanças. Isso promove benefícios diretos para o meio ambiente e para a saúde pública, pois o tratamento de esgoto possibilita evitar contaminações de animais e a poluição do solo e de cursos de água.

3. Grupo Tiradentes

Em Pernambuco, o Grupo Tiradentes realiza as suas atividades por meio do Centro Universitário Tiradentes de Pernambuco (Unit-PE) e da Faculdade Tiradentes (Fits). A empresa cria projetos que nascem em Boston com o objetivo de que estudantes universitários ou recém-formados desenvolvam iniciativas de âmbito internacional para solucionar desafios.

O Instituto Tiradentes realizou uma ação conjunta para reduzir o impacto das marés na capital pernambucana, envolvendo, para isso, estudantes do estado. Dessa forma, ele promove impacto social e ainda cria condições para a aprendizagem e para o fortalecimento das pesquisas na região.

4. YouGreen

A YouGreen é uma cooperativa de catadores de resíduos que apresenta uma gestão democrática em que todos os membros atuam como donos do negócio. A empresa se destaca pela sustentabilidade e pelo processo seletivo, em que eles dão preferência a pessoas com menos chances de conseguir emprego, como refugiados, mulheres e egressos do sistema penitenciário.

5. Natura Cosméticos

A Natura se destaca pelos produtos veganos, sem testes em animais e por diversas iniciativas em torno da sustentabilidade e de ESG. Ela é responsável, por exemplo, pelo projeto “Amazônia Viva”, no qual ela contribui para a conservação de dois milhões de hectares da Floresta Amazônica. A empresa já investiu US$ 400 milhões desde 2010 na proteção da região.

Outra iniciativa relevante é o “Mais Beleza, Menos Lixo”, que foca a gestão de resíduos com sustentabilidade. Ela também defende a causa “Cada Pessoa Importa”, para promover diversidade e inclusão e também para direcionar uma renda justa ao corpo profissional da organização.

6. Fazenda da Toca Orgânicos

A Fazenda da Toca Orgânicos realiza um excelente trabalho na produção de ovos e de leite orgânicos e baseados no bem-estar e na saúde animal. As galinhas e o gado são criados de forma livre e bem tratados, sem as violações e agressões da agropecuária convencional. A empresa realiza parcerias com organizações que compartilham desses ideais. Além disso, ela é neutra em emissões de carbono com os seus sistemas agroflorestais.

7. Okena

A empresa realiza o tratamento de efluentes industriais. Eles buscam fazer o beneficiamento dos materiais tratados e a reintrodução desses resíduos na cadeia produtiva. A indústria circular, nesse contexto, contribui para diminuir o volume de material extraído da natureza e descartado no meio ambiente. 

A corporação zela também pelo tratamento adequado, pela coleta e pela ideal destinação de efluentes, como ácidos, alcalinos, emulsões ou outros resíduos perigosos. Isso é especialmente relevante para evitar contaminações de rios e de animais e também das comunidades no entorno dos ambientes fabris ou industriais.

8. Movin

A Movin é uma empresa de roupas sustentáveis que trabalha com estoque zero e em um modelo enxuto. A proposta da corporação é a redução de impacto, produzindo só o que é necessário e o que será consumido. A organização trabalha em total transparência, divulgando detalhes sobre a cadeia de suprimentos, os materiais utilizados, quanto ganhou a costureira, entre outras informações. 

Os materiais utilizados no negócio de moda são ecológicos, com tintas orgânicas e fibras produzidas a partir de garrafas pet ou fibras recicladas de algodão. Ela também foca reduzir a pegada de carbono e as etapas logísticas.

9. Bresco Gestão e Consultoria

A Bresco Gestão e Consultoria trabalha no desenvolvimento de empreendimentos imobiliários e na comercialização de imóveis no modelo built to suit (imóvel construído já pensando nas necessidades da futura pessoa que vai alugar o local) e sale-leaseback. As construções são todas elaboradas a partir de princípios de harmonia com o meio ambiente e com as comunidades do entorno e de modo que proporcionem bem-estar aos usuários. 

Outros valores cultivados no negócio são a proximidade, a cooperação e o comprometimento para construir vínculos de confiança, prosperidade para a rede que interage com o negócio e eficiência. Dessa forma, é notável como a empresa cumpre com excelência a sua função social.

10. Boomera

A Boomera transforma resíduos em matéria-prima, utilizando princípios de Engenharia Circular e Logística Reversa. Para isso, a empresa utiliza a metodologia CircularPack®. A primeira etapa do processo é a sensibilização de todos os setores do negócio, engajando todas as áreas. Em seguida, a Boomera faz uma avaliação técnica e mercadológica do produto para entender a melhor forma de recuperação dos resíduos.

Junto à equipe de cientistas, especialistas e engenheiros de materiais, a Boomera realiza pesquisas para transformar os materiais descartados em matéria-prima. Os sistemas de logística reversa envolvem, ainda, estudar o comportamento do usuário e criar formas de coleta do material. Após o processo e a obtenção da nova matéria-prima, a empresa desenvolve um pipeline de produtos, empreendendo os procedimentos de ideação e prototipagem. Em seguida, os materiais são fabricados.

11. Editora MOL

A Editora MOL publica livros de conteúdo inspirador, promovendo o compartilhamento de conhecimento em modelos de negócio que trabalham a colaboração, a sustentabilidade e a integridade. A empresa foca o propósito, a qualidade e a criatividade. Os conteúdos publicados têm um direcionamento para tornar a sociedade igualitária. 

A editora também valoriza muito o bem-estar dos colaboradores. Parte do lucro é doada para ONGS que atuam em determinadas áreas, como saúde e bem-estar, vida sustentável, proteção animal e educação e cidadania. A MOL também se destaca pela transparência. As doações e ações da organização são divulgadas no site.

Quais são os benefícios obtidos pelas empresas e instituições que adotam valores ESG?

A adoção de valores ESG proporciona uma série de benefícios para o negócio, especialmente no ciclo de prosperidade que a iniciativa traz para a empresa e para a comunidade no entorno. O meio ambiente também é muito beneficiado, especialmente porque as ações ESG sempre se preocupam com a preservação da biodiversidade e dos ecossistemas.

Outro ponto positivo é que muitos investidores privilegiam as organizações que apresentam esses valores como norteadores das atividades do negócio. Os colaboradores também são contemplados pelas iniciativas de Governança, Integridade e Meio Ambiente. Afinal, há um reconhecimento de senso de propósito, pois é um trabalho que exerce uma função social muito relevante.

As empresas ESG no Brasil proporcionam abertura para o desenvolvimento de uma nova consciência no mercado interno, como visto. Elas mostram que é possível fazer negócios sem promover agressão aos ecossistemas e à comunidade e promovendo benefícios e prosperidade. Essa nova mentalidade gera grandes vantagens e cria condições para uma política ambiental e social mais respeitosa, íntegra e ética. Há um cuidado possível para todos e os empreendedores podem realmente promover um impacto positivo com o trabalho.

Gostou do conteúdo? Aproveite e curta a nossa página no Facebook para acompanhar as próximas publicações!


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora