ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Leis
Rodrigo Maia continua no comando da Câmara
Político foi reeleito presidente da Câmara dos Deputados em 2 de fevereiro. Pendência contra a sua candidatura foi descartada pelo STF.

O deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ) foi reeleito presidente da Câmara dos Deputados em 2 de fevereiro. Sua candidatura esteve de certa forma ameaçada, pelo argumento de que contrariava dispositivo constitucional que veda a recondução ao cargo na mesma legislatura. A pendência foi descartada com a negativa do Supremo Tribunal Federal ao pedido de liminar apresentado por adversários envolvidos no pleito.

Maia conseguiu 293 votos. Os outros candidatos ficaram longe de levar a disputa ao segundo turno. Jovair Arantes (PTB/GO) teve 105 votos; André Figueiredo (PDT/CE), 59; Júlio Delgado (PSB/MG), 28; Luiza Erundina (Psol/SP), 10; e Jair Bolsonaro (PSC/RJ), quatro. Foram ainda registrados 5 votos em branco.

Maia foi o candidato que conquistou mais votos desde 2011, superando inclusive o total obtido pelo ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB/RJ), em 2015.

Pesou na vitória do deputado carioca o fato de a maior parte dos partidos da base aliada ter anunciado apoio a ele (PMDB, PSDB, PP, PR, PSD, PSB, PRB, PTN, PPS, PHS, PV e PTdoB), a decisão favorável do STF e a proibição de candidaturas avulsas para os outros lugares na Mesa, o que reduziu a margem de manobra de Jovair.

Até poucos dias atrás, PP, PR, PSD e PRB integravam o Centrão, cuja continuidade está seriamente comprometida. Rogério Rosso (PSD) não teve apoio do próprio partido. A votação de Jovair Arantes (PTB/GO) acabou ficando abaixo dos 120 votos atribuídos a esse bloco.

Nascido em Santiago, Chile, quando seu pai, hoje vereador Cesar Maia (DEM/RJ), estava exilado, Maia (46) nunca figurou como um dos principais parlamentares do Congresso Nacional. Mas, agora, foi guindado à condição de expoente dos Democratas, juntamente com o prefeito de Salvador (BA), Antonio Carlos Magalhães Neto, e do ministro da Educação, Mendonça Filho, de Pernambuco.

Em 2012, ele disputou a prefeitura do Rio de Janeiro. Tendo como vice a deputada Clarissa Garotinho (PRB), obteve 2,94% dos votos válidos.

Por uma relação próxima ao deputado Eduardo cunha, ex-presidente da Câmara cassado e depois preso, conseguiu a relatoria da reforma política em 2015 (PL nº 5735/13). Maia rompeu posteriormente com Cunha ao ser preterido por André Moura (PSC/SE) - outro aliado do peemedebista - na escolha do líder do governo Michel Temer na Câmara.

Líderes na Câmara

Partido/Bloco

Líder

Bloco PP, PTN, PHS, PTdoB

-

PMDB

Baleia Rossi

PT

Carlos Zarattini

PSDB

Ricardo Tripoli

PR

Aelton Freitas

PSD

Marcos Montes

PSB

Tereza Cristina

DEM

Efraim Filho

Bloco PTB, PROS, PSL, PRP

Eros Biondini

PRB

Cleber Verde

PDT

Weverton Rocha

SD

Aureo

PCdoB

Alice Portugal

PSC

Professor Victório Galli

PPS

Arnaldo Jordy

PSOL

Glauber Braga

PV

Evandro Gussi

REDE

João Derly

PEN

Junior Marreca

PMB

Weliton Prado

 

 

Compartilhar
Favoritar

    Salvo na lista de favoritos

O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Fale com o Sebrae

Converse online, por chat ou email, com os técnicos do Sebrae
para tirar dúvidas e receber orientações sobre o seu negócio.
É gratuito!

Converse agora