ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Mercado e Vendas
5 dicas para abrir um negócio de saúde de sucesso
Conheça algumas dicas estratégicas e inovadoras de aproximação dos clientes para acesso a serviços de saúde.

A expectativa de vida da população brasileira cresce a cada ano. Com isso, também aumenta a preocupação em manter uma qualidade de vida com hábitos saudáveis e cuidados diários com a saúde e o bem-estar. As pessoas estão indo mais atrás de alimentação balanceada, prática de exercícios físicos e controle do estresse.

Diante desse cenário, as oportunidade para empreendedores também tendem a aumentar. Pensando nisso, o Sebrae reuniu cinco dicas para quem quer qualificar o seu negócio no segmento de Saúde e Bem-Estar.

1 - Escolha uma atividade com que você se identifique

Aproveitando a mudança de comportamento e hábitos, iniciar um pequeno empreendimento no mercado de saúde, estética e bem-estar tornou-se atrativo. Aproveite a tendência e se planeje. Considere com qual perfil de atividade você mais se identifica. Tem interesse por estética? Quer cuidar de idosos? Prefere trabalhar com crianças? Pense em atividades às quais você se propõe a se dedicar e investir.

Antes de abrir um negócio, faça três perguntas básicas para embasar as suas decisões.

1- O que eu amo fazer?
2- Se é o que eu amo, eu faço bem?
3- Isso resolve o problema de alguém?

Separamos algumas ideias de negócios que ajudam a entender o setor de saúde e bem-estar, auxiliam e orientam sobre planejamento, desenvolvimento e consolidação de empresas.

 

No Brasil existem mais de 200 atividades econômicas relacionadas ao universo da saúde e bem-estar. São negócios que podem ir desde grandes hospitais e clínicas de estética até serviços de cuidados a idosos e enfermos. Eles podem ser enquadrados na figura do Microempreendedor Individual (MEI).

Planejar é essencial

Mesmo com o dom e a boa ideia em mente, sempre há a necessidade de um bom planejamento e da elaboração do plano de negócios. O objetivo aqui é oferecer uma visão estratégica de negócios que estão e continuarão em alta.

2 - Acompanhe as novidades do mercado

Pense em alternativas

Com preços mais acessíveis, as clínicas da saúde populares são uma grande oportunidade de investimento. A procura por outras alternativas que não sejam as tradicionais podem solucionar problemas de acordo com o poder aquisitivo da população.

Elas são empresas voltadas a prestação de serviços de atividades relacionadas a consultas e exames laboratoriais. Por isso podem ser de: odontologia, medicina, fisioterapia, nutrição, psicologia, fonoaudiologia, exames etc. (ou uma integração de várias especialidades).

Use a tecnologia a favor da saúde do seu negócio

Há no mercado diversos aplicativos gratuitos que ajudam a captar clientes. Eles também oferecem opções de marcação de consultas direto com o paciente e um programa que organiza todo o sistema de gestão da sua clínica ou academia. Muitos são gratuitos, como o WhatsApp Business e a agenda do Google. Todos esses personalizam e aceleram o serviço.

3- Humanize seu serviço

Independentemente de o negócio ser uma clínica, academia ou estúdio, a verdade é que a qualidade do serviço da sua equipe é fundamental para garantir o encantamento do seu cliente.

Toda a equipe que compõe o seu empreendimento é responsável por levá-lo ao bom desempenho. Mas é necessário que seja capacitada.

Quando for selecionar colaboradores para trabalhar com você, preste muita atenção no cuidado que têm com seus clientes. Uma explicação e uma demonstração das atividades a serem realizadas pelo funcionário são benéficas e necessárias.

Uma forma de você saber como anda seu atendimento é conversando muito bem com seu cliente, de forma aberta e transparente. Você também pode fazer o cliente oculto. Para isso, basta contratar pessoas para se passarem por seus clientes e testarem seu atendimento. Existem diversos serviços no mercado especializados em testar atendimento de empresas.

4- Design do ambiente como diferencial

Assim como as pessoas cuidam mais do corpo e da mente, a exigência também é maior. Ambientes agradáveis e confortáveis são essenciais. No caso de clínicas, conforto e qualidade são diferenciais da concorrência. Com investimento em design é possível criar uma identidade corporativa, ser sustentável e ainda tornar o ambiente do seu negócio acessível para pessoas com deficiência.

O layout de qualquer ambiente é determinante para que uma pessoa se sinta confortável. É possível utilizar a psicologia das cores e as técnicas de iluminação que favorecem o ambiente. Acesse o Sebraetec e conheça mais sobre o assunto.

 

 

5- Cumpra todas as normas de fiscalização

É essencial zelar pela saúde da equipe e dos clientes. Fique atento e siga todas as exigências, inclusive de vigilância sanitária. Uma das formas de descobrir as obrigações da área em que você quer atuar é acessando a página Ideias de Negócios. Lá você encontra as normas essenciais para abrir um estabelecimento.


O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Converse online com o Sebrae

Tire suas dúvidas em tempo real e receba dicas sobre os seus negócios
diretamente dos nossos especialistas em pequenas e microempresas.
Um serviço sem custos para você.

Converse agora