this is an h1

this is an h2

Wed Jun 07 13:57:07 BRT 2017
Mercado e Vendas | ESTRATÉGIA DE MERCADO
Comércio criativo, conceitual e com gestão efetiva

Integrar criatividade, conceito e gestão cria diferenciais para a sua empresa

· 12/12/2016 · Atualizado em 07/06/2017
Imagem de destaque do artigo

Sabemos que o comércio mudou e que é necessário se adaptar, criar novos produtos, serviços e funções, além de conhecer práticas e modelos de negócios diferenciados. Conceitos e formas inovadoras de engajar clientes surgem periodicamente no mercado com o intuito de facilitar a vida do consumidor e proporcionar experiências exclusivas.

Formatos interativos de negócios não estão apenas nos centros de compras sofisticados norte-americanos e europeus, mas já fazem parte da realidade brasileira. As movimentações são percebidas de forma criativa e funcional.

Os consumidores, independentemente da sua faixa etária, estão mais conscientizados e não querem apenas uma estrutura com o design aconchegante. Eles querem saber qual o conceito do seu negócio e marca e com qual cultura você está se conectando. Com tudo isso, o apelo compulsivo para as compras está cada dia mais em desuso.

Os estabelecimentos comerciais, assim como os seres humanos, precisam de um DNA para demonstrar suas características, o que lhes conferem uma identidade única capaz de diferenciá-los de outros comércios. 

Dessa forma, alguns pontos podem ser pensados antes da construção de um novo modelo de negócio ou da adequação de um existente. O que meu estabelecimento realiza ou realizará para facilitar a vida das pessoas?  Qual o aspecto cultural que estou levando para o negócio ou que poderei considerar? Ele conversa com a cultura local ou precisa de adequações? Qual o mercado que atendo ou qual mercado em potencial? O que este mercado valorizou e o que ele valoriza hoje? Qual a representatividade deste mercado em números?

É importante questionar também as suas próprias ideias e considerar outras diferentes das suas. Quebre os mitos que ficaram enraizados em nosso cotidiano, embasados por frases populares como: “O segredo é a alma do negócio”, “A Coca-Cola é famosa, pois ninguém sabe sua verdadeira fórmula”. São apenas frases prontas e atitudes que acabam evidenciando uma única ideia ou uma única pessoa como o grande idealizador de toda uma obra.

Com base nos conceitos do guru em inovação Steven Johnson, as grandes ideias surgem de um palpite lento e isso requer tempo para amadurecimento. Elas se complementam e os grandes feitos necessitam da diversidade e troca. Para inovar em um modelo promissor invista tempo e dedicação em seus estudos e na própria troca de experiências. Frequente ambientes propícios à geração de novas ideias.

Steven cita os cafés da época do iluminismo como lugares marcados pela diversidade de seus frequentadores e que deixaram um legado para o período. Diversas pessoas de diferentes classes sociais, culturais e profissionais se encontravam em prol de um interesse comum: utilizar a razão contra o antigo regime. Grandes ideias e mudanças relacionadas à liberdade política, econômica e cultural surgiram com a integração de filósofos, economistas, burgueses e outros participantes do movimento.

Sendo assim, participe de fóruns de discussões relacionados aos seus negócios ou não e conheça negócios similares e divergentes. Frequente locais que permitam o cultivo da criatividade, as parcerias e, acima de tudo, a troca de experiências entre os participantes.  

Sua primeira ideia nunca será a melhor, por isso pesquise as tendências, publicações e métodos para realizar a gestão de seu estabelecimento. Muitos empreendedores pecam por apenas inovar e esquecem de levar em consideração aspectos básicos de gestão.

Criatividade em sintonia com a gestão 

Um bom negócio é aquele que está atento ao mercado, busca práticas inovadoras e exerce uma gestão eficaz para a sua sustentabilidade e expansão. Dessa forma, é necessário agir sistemicamente promovendo o alinhamento e integração entre os assuntos ou áreas envolvidas. Independentemente do tamanho, a empresa necessita pensar no todo e não em partes isoladas e desconectadas.

Faça uma listagem de todas as áreas e fatores que envolvem a empresa e identifique as ligações. Utilize como referencial os oito critérios de Excelência em Gestão, da Fundação Nacional da Qualidade - FNQ, que verifica os aspectos relacionados a maturidade de gestão das empresas: Estratégias e Planos, Liderança, Clientes, Sociedade, Informações e Conhecimento, Pessoas, Processos e a verificação de resultados em comparação com o mercado.

Confira algumas ideias baseadas nos critérios de Excelência em Gestão da FNQ:

  • Liderança – Que tal pensar em uma forma para envolver seus funcionários e sócios com o conceito de sua loja?
  • Estratégias e Planos – Já pensou em definir processos para concepção das estratégias, execução e monitoramento?  Estabeleça encontros periódicos ou formas para envolver funcionários e sócios.
  • Clientes – Você pode melhorar o atendimento trabalhando com as informações dos clientes e direcionar assuntos para fidelizados e para clientes em potencial. Então, vamos começar?
  • Sociedade –  A empresa pode realizar alguma ação voltada para a sociedade, meio ambiente e desenvolvimento social. Existe alguma comunidade próxima que pode ser influenciada por seu estabelecimento? Você pode adotar uma praça ou incentivar as crianças a cuidar do bairro, deixando sua rua ou fachada mais bonita. Isso pode se tornar um hábito.
  • Informações e Conhecimento – Você pode gerenciar seus ativos intangíveis geradores de diferenciais competitivos, como a sua marca.
  • Pessoas – Defina processos para melhorar o desempenho da sua equipe. Empresas que buscam se tornar referência estão preocupadas com o desempenho de seus funcionários e valorizam os talentos internos. Você define metas, avalia seus funcionários e realiza feedbacks periódicos? Lembre-se de criar um espaço colaborativo e integrado com atividades que proporcionem o bem-estar das pessoas.
  • Processos – Sua empresa consegue distinguir os processos principais do negócio e os de apoio? Como são selecionados e avaliados os seus fornecedores?
  • Resultados - O último critério é o que visa o acompanhamento de séries históricas em comparação com o mercado. Compare seus resultados com estabelecimentos similares ao seu.

Integrar criatividade, conceito e gestão cria diferenciais para a sua empresa. Desafio você a refletir e pensar em novas formas de crescer neste mercado cada vez mais competitivo. Tente, invente, integre e gerencie!  

Débora Andrade Carvalho
Analista do Sebrae Minas


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora