this is an h1

this is an h2

Wed Feb 23 11:01:13 BRT 2022
Mercado e Vendas | MARKETING
4 Ps do marketing: entenda o que são e qual a sua importância

Os 4Ps do marketing incluem preço, praça, produto e promoção, variáveis capazes de determinar o sucesso competitivo e a rentabilidade de longo prazo do negócio.

· 28/01/2022 · Atualizado em 23/02/2022
Imagem de destaque do artigo

O marketing é uma das mais poderosas ferramentas das organizações. Com ele, é possível compreender melhor o mercado, traçar melhores táticas de venda e construir uma relação mais próxima com os clientes. Por isso, é importante conhecer seus 4 Ps.

Também chamado composto de marketing, os 4 Ps do marketing referem-se a quatro fatores que devem ser considerados ao planejar e executar as estratégias de marketing da empresa. São eles: preço, praça, produto e promoção. Cada um desses fatores possui desdobramentos profundos e que devem ser analisados, tendo por intuito o sucesso do empreendimento.

Nos tópicos seguintes, explicamos detalhadamente o assunto. Apresentamos a relevância, os 4 Ps do marketing e como adotá-los ao longo do trabalho. Portanto, continue lendo.

Qual é a importância dos 4 Ps do marketing?

Por que investir tempo e energia no estudo (e aplicação) do composto do marketing? Essa é uma pergunta muito inteligente, e existem diversas respostas em potencial. A verdade é que o correto planejamento do marketing pode gerar benefícios ao negócio e às suas partes interessadas (stakeholders), sobretudo clientes e investidores. Confira, agora, as vantagens.

Melhora o posicionamento competitivo da empresa

Os mercados são bastante competitivos, muitas vezes, até saturados de concorrentes. Por isso, uma empresa deve saber como se posicionar, de modo que consiga destacar-se e obter algumas vantagens competitivas. Sem isso, falhará em vencer a concorrência.

Os 4 Ps do marketing ajudam a alta direção a pensar sobre coisas estratégicas, mas que passam frequentemente despercebidas. Por exemplo, qual o diferencial do seu produto e como comunicar isso aos consumidores finais? Assim, seu posicionamento é melhorado.

Promove uma melhor aplicação dos recursos empresariais

Toda empresa lida com recursos escassos (que existem até determinado limite, como dinheiro ou tempo) e deve aplicá-los muito bem. Com frequência, organizações colocam seus recursos em estratégias infrutíferas, que não geram resultados significativos.

Novamente, os 4Ps ajudam muito. Eles fornecem uma visão do que realmente importa e deve orientar a alta direção na aplicação dos recursos. Cada P do composto de marketing pode ser visto como um custo estratégico, capaz de gerar grandes retornos à empresa.

Otimiza o relacionamento com os consumidores

Uma frase atribuída a Peter Drucker diz que a maior obrigação de uma empresa é fazer clientes. Podemos afirmar que a segunda maior é mantê-los por longo prazo, de maneira amigável e rentável. Para tanto, é preciso melhorar o relacionamento com o cliente.

Felizmente, ao investir em preço, praça, produto e promoção, torna-se muito mais fácil atrair e converter clientes, além de nutrir uma relação capaz de durar anos. Sendo assim, é uma chave para a relação ganha-ganha com consumidores.

Afinal, quais são os 4 Ps e o papel de cada um deles?

O composto de marketing conta com Ps, que são: produto, preço, praça e promoção. Eles devem orientar o planejamento de marketing, cada um à sua maneira, além de influenciar a aplicação dos recursos. Esses 4 Ps foram bastante difundidos pelo professor Philip Kotler, um dos mais respeitados profissionais de marketing do planeta. Confira, agora, cada P.

Produto: o que você entrega ao cliente

Ao pensar em marketing, um item essencial é o produto. Refere-se ao bem ou serviço que você comercializa, ou seja, sua entrega ao cliente. Sem um produto bem desenvolvido, dificilmente sua empresa terá chances de crescer e/ou sobreviver no mercado.

Ao pensar no produto, há uma série de questões subsequentes. Por exemplo, variedade, qualidade, design, garantia, funcionalidade e embalagem. Portanto, é algo bastante amplo, que exige atenção. A ideia é entregar algo que, de alguma forma, é único ao consumidor.

Para melhorar o planejamento do seu produto (ou mix de produtos), é importante fazer pesquisas de mercado, analisar o que a concorrência já oferece, avaliar o que agrega valor ao cliente e os melhores fornecedores. Assim, terá mais chances de sucesso.

Preço: lidando com custo e valor

Outro item de destaque é o preço. Grosso modo, consiste no quanto (R$) seus clientes vão pagar para obter seus bens ou serviços. Um preço bem formulado resulta em uma série de vantagens, como vendas mais fáceis e aumento do giro do estoque.

Ao pensar em preço, há muitas variáveis subsequentes. Por exemplo, custos de compra, formas de pagamento, prazo de financiamento e concessão de crédito. Ou seja, é algo que exige um ótimo planejamento, tanto financeiro quanto mercadológico.

Na prática, a correta formulação de preços depende da análise dos custos (quanto você paga pelos insumos) e valor (percepção do cliente, o quanto está disposto a pagar). Quanto maior a diferença entre valor e custo, maior o potencial de lucro.

Promoção: atração de consumidores

Note que agregar valor ao produto é algo essencial e potencialmente lucrativo. Então, a questão é: como fazer isso? Por meio de uma boa promoção, nosso terceiro P. A promoção inclui a divulgação e a agregação de valor (status) a determinado bem ou serviço.

Dentro da promoção, incluem-se itens como publicidade, propaganda, relações públicas, marketing direto,branding, parcerias estratégicas e comercialização. Quanto melhor for sua capacidade de promover seus produtos, maiores serão suas vendas e sua base de clientes.

Hoje, a promoção deve ser pensada para o mundo digital. Existem várias estratégias de marketing digital, como tráfego pago ou conteúdo e SEO, que podem deixar sua empresa mais perto dos clientes finais, além de melhorar a difusão do seu mix de produtos.

Praça: localização do seu negócio

Por fim, temos o P de praça, também chamado ponto. Refere-se ao local, seja físico, seja virtual, no qual o empreendimento está estabelecido para competir, conquistar clientes e alcançar grandes resultados. Quanto melhor o ponto, mais fácil é fazer clientes.

Ao pensar em praça, alguns aspectos importantes são: abrangência territorial para sua atuação, principais canais (físicos ou digitais) para relacionamento com o cliente, layout do empreendimento (PDV) e loja virtual (e-commerce). Tudo isso está ligado ao local.

Como contar com os 4 Ps do marketing na minha empresa?

Agora que entende o significado do composto de marketing, especificamente produto, preço, promoção e praça, é hora de entender como aproveitá-los em seu benefício. Por isso, separamos quatro dicas que podem (e devem) ser adotadas em sua empresa, tendo por intuito obter os melhores resultados e vencer a concorrência. Continue atentamente sua leitura.

Pense no diferencial competitivo dos produtos

Qual o principal diferencial dos produtos que você está oferecendo aos clientes? Se você não consegue responder essa questão, talvez não conte com produtos realmente únicos e capazes de fidelizar seus clientes. Por isso, é importante pensar na diferenciação.

Aposte em produtos que contem com diferenciais competitivos e saiba como vendê-los aos seus clientes. O diferencial pode estar na qualidade, na durabilidade, na segurança, no design, no preço ou em qualquer outro atributo capaz de gerar valor ao cliente. Estude seu diferencial.

Formule preços inteligentes

Por mais interessante que seja seu produto, você não conseguirá vendê-lo por um preço demasiadamente alto. Por outro lado, se estiver barato demais, pode estar tendo prejuízo. Então, foque na definição de um preço condizente com os custos e o valor percebido.

Uma boa formulação de preço considera o seguinte tripé: os custos totais, a percepção de valor dos clientes e os preços praticados pelos concorrentes. Se esses fatores forem deixados de lado, seus bens ou serviços provavelmente serão mal precificados.

Conte com o modelo AIDA para promoção

Construir uma boa promoção pode ser bem desafiador. Você já deve ter visto de tudo no mercado, e não há muito espaço para inovação. Certo? Não, errado. Ainda existem muitas ideias que podem ser exploradas, sobretudo se souber como trabalhar sua promoção.

Um modelo bastante útil ao planejamento é chamado AIDA, um acrônimo de atração, interesse, desejo e ação. A ideia é que a promoção chame a atenção dos clientes e desperte o Interesse por mais informações, depois o desejo pelo produto e a ação de compra.

Invista em presença digital

Outra dica importante é investir na digitalização do seu empreendimento. Por muito tempo, a praça foi sinônimo de local físico. O estabelecimento, hoje, pode ser mais bem compreendido como o canal por meio do qual a empresa interage com seus clientes.

Existem muitas formas de estar no mundo digital, por exemplo, investindo em redes sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn), e-commerce, marketplace ou aplicativos mobile. O mais importante é estar onde seus clientes estão, de modo que consiga interagir.

Veja, agora você está por dentro do tema. Lembre-se de que um bom marketing pode tornar sua empresa mais atraente, próspera e bem-sucedida. Para tanto, vale investir em 4 Ps do marketing: produto, preço, promoção e praça. A ideia é se diferenciar com bons produtos, entregar preços competitivos, formular ótimas promoções e estar perto dos clientes.

Gostou do nosso artigo? Aproveite para continuar aprendendo conosco. É só seguir nossas redes sociais — estamos no Instagram, Facebook e LinkedIn. Vamos lá!


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Precisa de ajuda?

Nós temos especialistas prontos para atender você e o seu negócio de forma online e gratuita.

Acesse agora