ac am rr pa ap ma pi ce rn pb pe al se ba to mt ro ms go df mg es rj sp pr sc rs
  • RSRio Grande do Sul
  • SCSanta Catarina
  • PRParaná
  • SPSão Paulo
  • MSMato Grosso do Sul
  • RJRio de Janeiro
  • ESEspírito Santo
  • MGMinas Gerais
  • GOGoiás
  • DFDistrito Federal
  • BABahia
  • MTMato Grosso
  • RORondônia
  • ACAcre
  • AMAmazonas
  • RRRoraima
  • PAPará
  • APAmapá
  • MAMaranhão
  • TOTocantins
  • SESergipe
  • ALAlagoas
  • PEPernambuco
  • PBParaíba
  • RNRio Grande do Norte
  • CECeará
  • PIPiauí
menu Sebrae

Cursos e Eventos

Cursos e Eventos presenciais

Confira a programação do Sebrae no seu estado e inscreva-se já.

Cursos Online

Matricule-se nos cursos online 100% gratuitos e estude sem sair de casa.

Empreendedorismo
5 dicas que você precisa saber antes de abrir uma livraria infantil
Quer abrir uma livraria para o público infantil? Veja nossas cinco dicas especiais para você ter sucesso no seu empreendimento.

Imagine poder educar as crianças brincando. Envolvê-las de maneira que fiquem felizes e, claro, mais sabidas. Essa é a proposta de uma livraria infantil, onde você oferece um serviço voltado ao estímulo da brincadeira. Para conquistar leitores mirins, é preciso investir cada vez mais em ambientes aconchegantes e divertidos para o público, de modo que todos fiquem à vontade por horas.

O primeiro passo que qualquer empreendedor precisa dar ao montar um negócio é conseguir o máximo de informação possível. Por isso, para abrir uma livraria infantil, é essencial analisar alguns fatores: o tamanho da população, a população economicamente ativa, o potencial de consumo, entre outros.

Durante a formulação do plano de negócios da empresa, a avaliação dessas informações é fundamental. Também é necessário estudar a concorrência e os diferenciais que podem agregar mais público ao negócio. Fique atento: considere não só a concorrência das livraria tradicionais como também o mercado de e-commerce de livros.

Para você, que deseja abrir uma livraria infantil, separamos cinco dicas essenciais que vão auxiliá-lo nesse processo.

 

1. Escolha bem a localização da livraria

Observe se há escolas e creches na proximidade. As crianças e os pais que frequentam esses espaços são clientes potenciais. Estabelecer parcerias é uma excelente aposta. Converse com os responsáveis pelas instituições próximas à sua empresa. Faça um acordo para distribuir seu material de divulgação, além de incluir a agenda de eventos destinados a esse público.

Outra ação interessante é combinar com os estabelecimentos de ensino para que forneçam previamente a lista de livros adotados no ano letivo, para que você faça a venda.

2. Atenção na escolha do mobiliário

É fundamental pensar em um projeto arquitetônico que preveja a existência de móveis adaptados às necessidades das crianças. Fique atento à altura das prateleiras. Pefira aquelas que deixam os livros na altura dos olhos e mãos das crianças, que sejam fáceis de alcançar. Tenha cadeiras para o tamanho dos pequenos. Mas também pense em espaço para leitura de pais e filhos. Não economize nos enfeites em todo o ambiente da loja e deixe tudo bem colorido e alegre.

3. Promova eventos

Contação de histórias, pequenas peças de teatro, atividades lúdicas, todas essas são ações importantes para atrair o público e fidelizar os clientes (pequenos ou grandes). Os pais buscam, principalmente nos fins de semana, espaços de entretenimento para levar seus filhos. Esteja atento para tornar a sua loja uma ótima opção para essa demanda. Outras atividades como pequenos shows com bandas ou grupos regionais, oficinas de desenho ou mesmo lançamentos de livro são iniciativas que ajudam a atrair o público.


4. Participe de feiras de livros

Muitas cidades brasileiras realizam feiras ou bienais do livro. Essas são oportunidades valiosas para dar mais visibilidade à sua livraria. Por isso, é importante estar presente nesses eventos para o público que eventualmente more em outras regiões da cidade tenha a oportunidade de saber da existência do seu negócio.

5. Alternativa de serviços

Na hora de construir seu plano de negócios, considere a possibilidade de incluir outras opções de serviços que agreguem valor à sua loja. Dependendo do espaço disponível e da localização da livraria, você pode incluir alternativas como brinquedoteca, espaço para jogos ou até mesmo comércio de brinquedos. Considere ainda a possibilidade de alugar um espaço para ser explorado por terceiros dentro da loja, como cafeteria ou lanchonete.

  • Clique aqui e confira dicas fundamentais para abrir o seu e-commerce.
  • Saiba como elaborar um plano de negócio com o curso online do Sebrae e amplie sua atuação no mercado. 
  • Quer abrir um negócio, mas não sabe em que ramo investir? Confira o vídeo abaixo e conheça dicas importantes que vão ajudar nessa escolha.


O conteúdo foi útil para você?

Conteúdo relacionado

Converse online com o Sebrae

Tire suas dúvidas em tempo real e receba dicas sobre os seus negócios
diretamente dos nossos especialistas em pequenas e microempresas.
Um serviço sem custos para você.

Converse agora