| Sebrae

Dúvidas Frequentes

Leis

Como posso me tornar um Microempreendedor Individual (MEI)?

Se tornar um Microempreendedor Individual é simples e muito rápido, veja:

Passo 1: informe-se. Confira o que diz a Lei Complementar nº 128/2008 e quais são os critérios exigidos para que o empreendedor se enquadre no EI.

Passo 2:preencha suas informações cadastrais no formulário de inscrição, que está disponível no Portal do Empreendedor.

Passo 3: após preencher o formulário, imprima seus documentos: Certificado da Condição de Microempreendedor Individual, Carnê de Pagamento Mensal, Relatório Mensal de Receitas Brutas (um para cada mês). Esses documentos são necessários para manter sua formalização em dia.

Veja o passo a passo completo: Passo a passo para a formalização do MEI.

Inovação

Como faço para ser apoiado por incubadoras?

O Sebrae pode ajudar o seu negócio a ser apoiado por incubadoras, com suporte técnico e gerencial.

Clique aqui para saber como a sua ideia pode virar um projeto real.

Mais informações

Finanças

Como emitir o carnê para pagamento do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS)?

A emissão da guia de recolhimento mensal do MEI (DAS-MEI) é efetuada a partir do aplicativo PGMEI, no Portal do Simples Nacional.

Leis

Como posso solicitar a abertura de um processo de licenciamento junto ao Ibama?

Os empreendedores que desejarem solicitar abertura de processo objetivando licenciar ou regularizar empreendimentos junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deverão fazê-lo exclusivamente por meio deste endereço eletrônico de Serviços online.

Antes de iniciar o processo, o empreendedor deverá se inscrever no Cadastro Técnico Federal (CTF) e declarar atividade exercida relacionada aos empreendimentos passíveis de licenciamento ambiental.

Esse procedimento é realizado pelo preenchimento de um formulário eletrônico com informações básicas sobre o empreendimento.

As informações constantes do formulário são necessárias para que o Ibama avalie a competência para o licenciamento frente às normas legais existentes.

Empreendedorismo

Como o MEI pode registrar seu empregado?

Para registrar um empregado, o MEI deve preencher a Guia do FGTS e Informação à Previdência Social (GFIP) até o dia 7 de cada mês, por meio de um sistema chamado Conectividade Social da Caixa Econômica Federal.

Ao preencher e entregar a GFIP, o MEI deve depositar o FGTS, calculado sobre 8% sobre o salário do empregado. Além disso, deverá recolher 3% desse salário para a Previdência Social.

Com esse recolhimento, o MEI protege-se contra reclamações trabalhistas e o seu empregado tem direito a todos os benefícios previdenciários como, por exemplo, aposentadoria, seguro-desemprego, auxílio por acidente de trabalho, doença ou licença maternidade.

Todas as contas necessárias para esses cálculos são feitas automaticamente pelo sistema GFIP.

Acesse o Portal do Empreendedor para mais informações

Pessoas

Como motivar a minha equipe?

Motivar a equipe é um trabalho baseado na confiança dos colaboradores. É preciso adotar posturas e atitudes que os façam se sentir parte da equipe e responsáveis pelo bom desempenho da empresa. Programas de reconhecimento, como de sugestões, de benefícios e de carreira, podem ajudar a motivá-los. Outra dica é incluí-los na participação das decisões que os afetam.

Além disso, é importante fazer com que as pessoas cooperem umas com as outras ao mesmo tempo que se concentrem em suas atribuições específicas. Para isso, o gestor precisa definir os objetivos da organização, descrever claramente a função de cada colaborador e gerir bem o valor dos salários e as diferenças entre eles.

Veja aqui algumas dicas para valorizar as competências técnicas e os conhecimentos dos colaboradores: Como administrar pessoas e conquistar a parceria dos funcionários.

Saiba mais em: Como manter o funcionário motivado.

O programa Na Medida também ensina empresários a gerenciarem melhor os recursos humanos, para que atraiam, desenvolvam e mantenham os talentos na empresa. Acesse.

Organização

Como montar a estrutura da minha loja?

Além de um ótimo atendimento, é importante que a loja tenha uma estrutura adequada para receber seus consumidores – desde a fachada até a limpeza, passando pela disposição de produtos e organização do mobiliário.

Os clientes ficarão mais satisfeitos se encontrarem um ambiente agradável, limpo, organizado e funcional.

Conheça os principais pontos que devem ser observados ao estruturar o espaço físico da sua loja lendo o artigo:Um bom layout traz valor à sua loja.

Veja o “checklist operacional”, que pode ser utilizado como instrumento de verificação das instalações e sinalizações da loja neste artigo: Equipamentos e instalações influenciam no atendimento.

 

Empreendedorismo

Como obtenho um Alvará de Localização como Microempreendedor Individual?

Antes de fazer o seu registro, o candidato à Microempreendedor Individual deve consultar as normas municipais para saber se existe ou não restrição para exercer a sua atividade no local escolhido, além de outras obrigações básicas a serem cumpridas, como as sanitárias para quem manuseia alimentos, por exemplo, ou as para o comércio ambulante.

Caso o empreendedor não disponha dessa informação, recomenda-se expressamente que ele não finalize o registro.

Isso porque o alvará concedido ao MEI no momento de seu registro tem valor provisório por até 180 dias. Caso o município averigue e constate alguma ilegalidade no período, todo o registro da empresa (CNPJ, inscrição na Junta Comercial, INSS, etc.) será revogado.

A concessão do Alvará de Localização depende da observância das normas contidas nos Códigos de Zoneamento Urbano e de Posturas Municipais. Por isso, a maioria dos municípios mantém o serviço de consulta prévia para o empreendedor investigar se o local escolhido para estabelecer a sua empresa está de acordo com essas normas.

O Sebrae, os escritórios de contabilidade e a própria administração municipal estão aptos a prestar as informações necessárias.

Saiba mais

Mercado e Vendas

Como escolher um ponto comercial para uma franquia?

A escolha do ponto é uma das etapas mais importantes no processo de implantação de uma franquia. Portanto, é preciso analisar com clareza e exatidão quesitos como:

  • Localização
  • Qual o melhor ponto
  • Tendências

Leia mais sobre o tema.

Mercado e Vendas

Como escolher um ponto comercial?

Na hora da escolha de um ponto comercial, que é considerada uma das tarefas mais difíceis ao planejar um negócio, deve-se ter cuidado e atenção.

Questões como acesso físico, tráfego de pedestres, número de concorrentes no entorno e facilidade para estacionamento devem ser consideradas antes de decidir o local para o comércio.

Essa escolha fundamental para o bom desempenho das vendas. Ao analisar as condições do ponto comercial e, especialmente, a repercussão da escolha da localização no faturamento, é preciso considerar outros fatores que, isoladamente ou em conjunto, interfiram negativamente nas vendas.

Conheça quais são esses fatores e veja dicas de como escolher bem.



Fale com um especialista Faça o Diagnóstico de Gestão da sua empresa Fale com um especialista Faça o diagnóstico da sua empresa e seja atendido online. Faça o diagnóstico da sua empresa e seja atendido online. E aumente o índice de competitividade do seu negócio.

Cadastre-se É rapidinho. Cadastre sua empresa Acesse